Scrotos Scrotos

Blog

Maconha-reais-motivos-proibição-marijuana

A História da Proibição da Maconha

29 DE NOVEMBRO DE 2012 by Taian Aoki (Temaki)

Afinal, por que a maconha é proibida? Fui atrás disso e descobri muita coisa antiga sobre essa história e que incrivelmente ainda é tabu mesmo depois de tanto tempo. Hoje o texto é um pouquinho mais carregado do que o normal, por que falar de história sempre é assim… mas espero que isso esclareça um pouco as coisas e agrade vocês. Semana passada saiu a matéria sobre a liberação em alguns estados dos EUA. Não citei isso aqui, pois esse texto foi escrito há muito tempo, antes delas acontecerem. Espero que entendam. E vamos ao post:

 

Meados da década de 30. O cenário dos Estados Unidos era praticamente de guerra civil. Isso por que o país vivia em plena Lei Seca. Também pudera a população estar tão nervosa, nem uma cervejinha depois do trampo eles podiam tomar. E que saída os americanos repreendidos encontraram para fazer um happy hour digno? Obviamente, a maconha. Foi o “boom” dos coffee shops americanos (sim, existiam coffee shops nos EUA). Não era algo especializado na erva como existe hoje na Holanda, eram apenas pequenos cafés que também vendiam maconha – algo que veio bem a calhar com a dificuldade de se conseguir um goró. Mas qual era o cenário americano nessa época? Quebra da bolsa em 29, imigração mexicana em alta, empregos em baixa, Lei Seca. Juntando as pecinhas do quebra-cabeça rapidamente um cidadão chamado Henry Anslinger, guarde bem esse nome, entrou em cena.

Anslinger era responsável pela política de drogas dos EUA nessa época de fim de Lei Seca. Mas afinal o que ele tinha contra a maconha? Digamos que o cunhado de Anslinger era sócio de uma petrolífera gigante chamada Gulf Oil e ele mesmo possuía ações da DuPont, também desse ramo. Esse segmento se dividia em duas grandes linhas: fibras sintéticas (náilon) e processos químicos para fabricação de papel. Coincidentemente, dois ramos que concorriam diretamente com a indústria do cânhamo (que crescia a passos largos). Poxa, mas olha só como essa DuPont é uma sortuda! Anslinger difundiu diversas histórias descabidas sobre a maconha com ajuda de amigos influentes. Um deles (e principal) era o magnata dos meios de comunicação William Randolph Hearst, o mesmo que inspirou Orson Welles a criar o Cidadão Kane. Hearst odiava mexicanos. E como a maconha era “coisa de ticano”, não pestanejou na hora de ajudar Anslinger.

Daí pra frente foi playground. Hearst inventava as mais terríveis histórias sobre a verdinha e divulgava massivamente. Mitos como o de que a maconha desperta uma índole violenta e queima os neurônios foram criados nessa época (e há quem acredite neles até hoje).

Folheto de propaganda da época da proibição. Dá pra acreditar nisso?

Dizem que o termo marijuana foi inventado por ele, a fim de associar  ainda mais a droga aos mexicanos. E então a maconha foi proibida pelos deputados e sancionada pelo presidente Roosevelt (o mesmo que ordenou pesquisas massivas para construção da bomba atômica!!!! Eita sujeito sangue bom!).

As teorias mais conspiratórias dizem que Anslinger é o responsável também pela difusão dessa política anti-maconha pelo mundo todo. Mas também, não deve ter sido trabalho dos mais difíceis, uma vez que no Brasil a erva era usada em peso por negros, e na Europa pelos árabes. Maravilha, uma política de controle de estrangeiros prontinha da silva!

Porém o tempo passa e essas regras não mudam. Mas os interesses são outros. Indústrias farmacêuticas, traficantes e policiais, políticos e a própria indústria têxtil tem seus interesses na proibição.

 

 

Afinal, por que dar voz a quem tem muito pra falar? Se hoje a “droga” ainda é usada em peso por negros e a imigração mexicana continua sendo um “problema” nos EUA, por que falar de legalização? Vamos deixar do jeito que tá, que tá bom… A polícia que cuide dos maconheiros. Afinal, eles são muito perigosos né? Fala aí mestre:

 

 

Espero que tenham gostado, comentem se quiserem, se acharam a matéria interessante (ou não)! Seu comentário é muito importante mesmo, ajuda a melhorar a qualidade dos posts e assuntos de preferência. Se quiserem continuar na onda das proibições tem um outro texto que eu mesmo escrevi sobre o rumor de uma lei em São Paulo que proíbe venda e consumo de bebidas em lugares públicos do estado! É a São Paulo Proibida! Vale a leitura. Bjos e abraços e até a próxima!

 

Fontes:

Revista Trip

Superinteressante

121 Comments

  • Reply

    Pedro Alves

    5 de dezembro de 2012 at 02:51

    Esse negócio de “diálogo filosófico” é pra rir hein. Maconheiro pagando de filósofo é pior, acham que tão falando alguma coisa com sentido mas sentido é o que tem de menos kkkkkkkkkkkkkk

    • Reply

      Willian Dall Orsoletta

      5 de dezembro de 2012 at 11:56

      nao tem sentido pra vc que deve ser um cara alienado e nao entende, quando estamos sob efeito pode ser que nao tenha sentido mas quando nao estamos pode ter certeza que nossas ideias tem bem mais coerência do que as suas.

      • Reply

        Zeca

        6 de dezembro de 2012 at 00:31

        Eu nunca ouvi um maconheiro filosofando alguma coisa que faça sentindo.

    • Reply

      Fernando

      5 de dezembro de 2012 at 13:11

      Ignorância MODE:ON

      Belo exemplo dos efeitos de um cidadão que segue os planos de “não pensar” descritos aqui.

    • Reply

      David Pontes

      5 de dezembro de 2012 at 15:00

      Mandou bem. kkkk Só faltam dizer que maconha não causa esquizofrenia e demência.

      • Reply

        James

        5 de dezembro de 2012 at 23:08

        nao causa nao doido, procure se informar !

        • Reply

          Zeca

          6 de dezembro de 2012 at 00:33

          Causa sim, vocês que são a favor da legalização são todos iguais, o que a ciência diz de bom da maconha vocês aplaudem e repetem igual papagaio já os malefícios vem sempre com esse papinho de que é mentira.

    • Reply

      jose

      5 de dezembro de 2012 at 15:35

      aushaushuahs eh vdd pedro

    • Reply

      Ryan

      5 de dezembro de 2012 at 20:51

      Sou a favor do estado não interferir na vida pessoal de nenhum cidadão, contando que o fato deste cidadão fazer uso de tal direito não prejudique o próximo. Sou contra o álcool, o fumo, a maconha e outras drogas, pois em alguns casos a substância prejudica o usuário de tal forma que o estado tem de pagar para retirar o mesmo de uma possível dependência, com clínicas de reabilitação por exemplo. Por mais que você diga que é forte e não irá se viciar, o vício pode acontecer, prejudicando toda a sociedade de várias formas. A maconha no Brasil é “legalizada”, mas apenas para uso medicinal.

  • Reply

    Douglas N. rocha

    5 de dezembro de 2012 at 03:02

    Enquanto o certo é extinguir dependencia de substancias, alcool, cigarro (nicotina), entre outras,
    existe ainda um grupo de pessoas pseudo intelectuais, querendo liberar mais uma, achando que é o certo,
    se querem contemplar uma substancia contemplem a água, pois ela que dá suporte a vida .

    Detalhe,

    Filosofo de verdade não precisa de uma erva para fazer a cabeça funcionar, durmam com essa, abraços! .

    • Reply

      Junior

      5 de dezembro de 2012 at 05:47

      Velho nao fala merda a maioria dos filosofos era tudo maconheiro, ou usavam outras drogas piores, alguns tinham problemas de cabeça de verdade entao nao fala merda

      • Reply

        dengo

        5 de dezembro de 2012 at 07:35

        se vc estudasse/trabalhasse com o mesmo afinco que defende a maconha, estaria rico hoje..seu maconheiro de merda

        • Reply

          FALOW

          5 de dezembro de 2012 at 08:01

          qm disse qe o cara nao trabalha e/ou estuda? Aposto qe vc bebe e nem por isso é 1 alcoolatra que bebe 24 horas por dia e nao trabalha! e se vc parasse de coidar da vida dos otros talvez vc estaria em outro lugar, nao em uma postagem sobre maconha, se vc nao gosta do assunto abordado pq vem tomar conhecimento? vc nao passa de “zé povinho” qe nao tem fatos memoraveis na sua vida e tem qe cuidar da dos outros… COITADINHO

          • jose

            5 de dezembro de 2012 at 15:36

            maconhero amldito

        • Reply

          João

          5 de dezembro de 2012 at 13:58

          tenho uma professora q fuma q ela eh considera a melhor da area dela aki na regiao onde eu moro.
          vai vc estudar em vez de falar merda

  • Reply

    Renan

    5 de dezembro de 2012 at 03:33

    ..dialogo e reflexo de cunho psicologico…
    parei de ler quando percebi um argumento futile irreal,metiroso desses.

    • Reply

      tchei

      5 de dezembro de 2012 at 13:11

      Concordo 100% não é porque você fuma a erva que se torna um vagabundo,ladrão etc! Eu nunca experimentei morro em cidade pequena e é realmente dificil ver por aqui, mas estudo em uma cidade completamente diferente onde convido com várias pessoas que fazem uso da tal… Alguns professores mais chegados meus já me falaram que realmente gostam de fumar pra relaxar, 2 professores na verdade os dois com familia, adultos muito bem sucedidos, e você que fala mal provavelmente já deve ter sido ensinado ou deve ter alguém bem proximo a você que você adora e nem sabe que ele usa…

  • Reply

    Abraam

    5 de dezembro de 2012 at 03:45

    Quando eu tiver AIDS ou cancer, vou começar a fumar maconha! Quem sabe eu melhoro.
    E quando eu tiver dificuldade para dormir, vou fumar um.
    E quando eu precisar comer e não tiver fome, vou fumar mais um.
    A maconha é a salvação da humanidade.
    Vou procurar mais motivos para fumar maconha, e esquecer o que falam dela.
    Até a cocaína, a heroína e o craque devem ter seus valores…

    • Reply

      Junior

      5 de dezembro de 2012 at 12:08

      Sim a maconha ajuda na cura contra o câncer… problem??

      • Reply

        znz

        5 de dezembro de 2012 at 15:52

        E acabou-se todos os problemas do mundo, bolsa maconha pra galera agora, como já dizia o filósofo: “ah sohhh”

    • Reply

      Temaki #9

      5 de dezembro de 2012 at 14:16

      Seguinte, em momento algum eu falei CURA. Falei TRATAMENTO. Se pra você é a mesma coisa, aí não sou eu que vou te ensinar isso. Quando se faz quimioterapia, o paciente muitas vezes sente fortes náuseas e falta de apetite, e caso voce não saiba é CIENTIFICAMENTE comprovado que a maconha abre o apetite, além de vários pacientes já terem dito que ela ajuda a reduzir as náuseas causadas pela quimioterapia. Aliás, voce sabe o que são náuseas? O mesmo acontece com o tratamento da aids.

      Sobre a cocaína, ela tem um uso sim. A morfina. Na verdade a cocaína é a morfina com quimicos que ludibriam e causam dependencia. Então pense bem antes de falar alguma coisa, por que do mesmo jeito que a coca tem suas utilidades, a maconha tambem tem. Vai do ser humano e de cada um usar pro bem ou pro “mal”.

      • Reply

        Abraam

        5 de dezembro de 2012 at 17:35

        Foi citado “melhoro”, do verbo melhorar: “dar ou ter alívio na doença”, e não “curar”.
        Se eu sei o que é náusea? …
        Não é certo você ler um curto comentário contra um argumento, e tentar traçar um perfil do autor. Uma ideia isolada não significa quase nada.
        Agora, se você acha certo fazer apologia à liberação de drogas com base em papers …
        Um, dois ou 100 papers não podem chegar a uma verdade imutável sobre a maconha. Existem muitas outras coisas implícitas na descriminalização dela. O álcool já é um problema. Certas pessoas consomem drogas e álcool e não perturbam ninguém, somente “curtem o momento”, mas outras…
        E como mudar isso? Como liberar drogas para os comportados, “necessitados”, apreciadores do bem, e barra-las para os baderneiros, vândalos, pessoas desprovidas de autocontrole?
        Eu duvido que todos, a maioria, uma maior parcela, ou importante parcela dos aidéticos ou doentes de câncer, são a favor da liberação da maconha, seja o motivo que for. Só falta você dizer que os doentes que são contra, são mal informados, e ainda indicar um baseadinho para “cortar a náusea”.
        Voltando aos papers: estes textos são escritos pelos seus autores, de forma geral, para sustentar suas famílias. A picaretagem na ciência é maior do que as pessoas imaginam. O mundo é uma picaretagem. Tudo gira em torno da grana. Eles fazem seus experimentos, avaliam seus resultados, procuram outros textos sobre os mesmos assuntos, e publicam conclusões potencialmente tendenciosas, que defendem seus interesses. A esmagadora maioria dos cientistas é assim. É ilusão pensar o contrário.
        Usar a maconha para produzir tecido ou papel? Será que não existem outros vegetais para isso? Ou a fibra da maconha é especial, mágica, imprescindível?
        Não adianta. Todo esse papo de terapia da maconha, fibra da maconha, democracia da maconha, é, na maioria das vezes, desculpa de muitos que querem fumar seus baseados, e não querem ser julgados por isso (ler abaixo). Querem fumar seus baseados sem medo da polícia. Querem adquirir seus cigarrinhos com mais facilidade.
        Sobre “julgados”: é uma questão de preconceito da sociedade, não minha. A minha questão: cada um faz o que quer e bem entende, desde que não prejudique ninguém além de si mesmo.
        Para finalizar: se um doente de câncer quiser fumar um cigarro de maconha para atenuar sua náusea, tudo bem! Seria viável se fosse algo totalmente particular. Mas, usar este exemplo para liberar maconha para todos, é ridículo e irresponsável.
        Não adianta, não dá pra liberar drogas pra todo mundo.
        E também não tem como separar os comportados e liberar tudo para eles.
        Achou ruim? Culpe os usuários irresponsáveis!

  • Reply

    Andreia

    5 de dezembro de 2012 at 05:19

    Perdi 5 minutos da minha vida lendo isso. Vou citar a maioria dos defensores da maconha: Desempregados, homens semi-analfabetos (porque maconha dá preguiça de ler), adolescentes rebeldes e pessoas lentas. Daqui a pouco com certeza uma pessoa que se diz entendedora do assunto vai dizer que não sei nada. Detalhe, sou médica e sou contra a maconha porque tenho conhecimento sobre o assunto. Eu não sei por que os maconheiros são tão defensores do comunismo e gastam o que não têm para comprar um IPhone. Quem acha ruim o capitalismo, vá para Cuba. O Brasil não precisa de maconheiros.

    • Reply

      Medica....

      5 de dezembro de 2012 at 07:32

      “maioria dos defensores da maconha” vc é medica ou pesquisadora do IBGE? vc convive com maconheiros? entao vc nao tem a minimo conhecimento do assunto pra ta falando isso, aposto qe tem mta gente mto mais bem estruturuda que vc, que prefere fumar maconha ao ingerir alcool(nao vejo problema, n saindo do seu bolso) , qe por 1 acaso se acha por ser “medica”(grande bosta em), eo suposto “detalhe” de vc ser medica, nao te da conhecimento nenhum diante esse assunto querida, aposto que nao foi citado em momento algum na sua faculdade a maconha, e novamente… QMMM DISSE QE MACONHEIRO É DEFENSOR DO COMUNISMO QUERIDA? E QUE MACONHEIRO TU CONHECE QE COMPRA IPHONE? E QUE “Desempregados, homens semi-analfabetos” conseguem dinhero pra compra 1 iphone?(nexo?)(fala tao mal e ao mesmo tempo com tanta proximidade da vida particular dos mesmos) isso so comprova qe como a mairoia dos Brasileiros vc “FANTASIA” 1 realidade sobre os usuarios de maconha na sua cabecinha OCA, tendo como unica e exclusiva base ou fonte a boca de mtos que como vc nem sabem oq falam, apenas escutaram de outro desinformado

      • Reply

        jean M

        5 de dezembro de 2012 at 07:40

        que pesaço na cara, boto fé.

      • Reply

        jose

        5 de dezembro de 2012 at 15:40

        maconhero vagabundo

    • Reply

      Leonardo

      5 de dezembro de 2012 at 12:48

      A revista Superinteressante, aparentemente, é composta por desempregados e semi-analfabetos.

      Maconha e comunismo??? De onde você fez essa associação insana? Nunca vi nenhum texto de Marx incentivando o uso da canábis… senhor médico, procure um psicólogo.

    • Reply

      Temaki #9

      5 de dezembro de 2012 at 14:20

      Se voce perdeu só 5 minutos da sua vida significa que vc não leu o texto todo, só viu a imagem e acha que pode opinar alguma coisa. Uma pena pela sua ignorância, senhora “Médica”.

    • Reply

      Nelson

      5 de dezembro de 2012 at 16:43

      ha sim, muitas pessoas que fazem uso da maconha que são desempregados, semi-analfabetos, adolescentes rebeldes e pessoas lentas, como existem as pessoas com as mesmas condições, que não fazem uso nem mesmo do “velho e bom alcool” correto? sou muito bem sucedido na vida, ganho muito bem graças a Deus e ao meu esforço, faço uso diário, e convivo com pessoas muito bem sucedidas que também fazem uso e são do meu circulo de convivência, só uma dica, deixe o senso comum de lado, abraços.

  • Reply

    Pare,pense,reflita... aii sim julgue

    5 de dezembro de 2012 at 07:55

    *Se a Maconha que é 1 planta TOTALMENTE NATURAL, nao tem NEHUMA morte registrada por uso, ou consequencia
    ~
    *Porque o alcool que é 1 substancia “sintetica”, fabricada por industrias e quimicamente fabricada para entorpecer o usuario(como a maconha) é legalizada???? Mesmo tendo MUITAS E MUITAS mortes causadas por uso e até mesmo por consequencia do mesmo??

    *O cigarro qe mata milhares de pessoa tbm, com cancer de pulmao(oq nao acontece com a maconha, devido nao conter nicotina, e tbm a menor quantidade de cigarros ingeridos, logo assim menos fumaça) e novaaamente nao é legalizada e banalizada pela sociedade?Novamente interesses economicos altissimos…

    Simplesmente, pelo qe falam ali em cima
    -Sendo 1 erva, pode ser plantado por qualquer 1, assim nao gerando lucro para empresas qe pagam MILHOES DE REAIS em impostos todo ano.
    -A liberaçao da maconha certamente induziria a reduçao do consumo do alcool, oq é outra redução de “lucros” por impostos novamente
    -E ANUALMENTE sao gastos varios MILHOES na Guerra contra drogas, e vc pode apostar qe como tudo no Brasil uma enorme parcela disso é desviada para politicos corruptos.

    e pra vc que ainda acha qe a maconha faz tanto mal assim, pense novamente, porque os EUA estao começando a libera-la gradativamente em todos seu estados? 1 pais nominado como pais de primeiro mundo ou até maior potencia mundial, acho qe eles nao sao tao burros assim, e nos nao tao espertos assim né… senao nao seriam a maior potencia(correto?), e se o mundo fosse compostos por pessoas assim, qe aceitam as leis, colocaçoes e tudo que é dito sem se questionar, estariamos como a milenios atraz com MTO MAIS leis falhas, e abusivas do que as que ainda temos hoje em dia…

    • Reply

      Jorge

      5 de dezembro de 2012 at 10:28

      Veneno de cobra também é natural… toma um pouco então! Quem sabe você começa a filosofar ainda mais!

      • Reply

        jose

        5 de dezembro de 2012 at 15:42

        boa rapaz

      • Reply

        Akatsu

        5 de dezembro de 2012 at 17:55

        MELHOR RESPOSTA ATÉ AGORA…

    • Reply

      Góris Faria

      5 de dezembro de 2012 at 11:46

      Sério?

      Vc disse essa parte de “Não há mortes por conseguência do uso de maconha” por que leu sobre isso numa fonte fidedigna, ou tá chutando?

      Segundo estudos, 40% dos acidentes de carro na Europa envolvem usuários de maconha.

      • Reply

        Ian

        5 de dezembro de 2012 at 13:29

        Me manda uma fonte que prove que 40% dos acidentes de carro na Europa envolvem maconha. Falar por falar é fácil, quero ver mostrar!

        • Reply

          Ricardo "Jesus" Correia

          5 de dezembro de 2012 at 15:42

          Ian…vc sabe muito bem que “90% das estatísticas são inventadas para dar mais credibilidade pra argumentos… 80% das pessoas sabe disso” Homer Simpson

      • Reply

        Temaki #9

        5 de dezembro de 2012 at 14:24

        Mesmo se isso for verdade (o que não é), são mortes indiretas. O alcool e o cigarro matam DIRETAMENTE e indiretamente muito mais.

        • Reply

          Temaki #9

          5 de dezembro de 2012 at 14:25

          Até café e nozes matam mais do que Maconha. Durma com essa…

    • Reply

      znz

      5 de dezembro de 2012 at 15:57

      até concordo com a parte da bagaça economica e combate, desvio de verba, sobra no bolso de alguem, e mimimimi, mas usar isso como argumento,
      -> com cancer de pulmao(oq nao acontece com a maconha
      -> alcool que é 1 substancia “sintetica”
      aí você não vive no mesmo planeta que eu, ou você fuma maconha ou combustivel de foguete, sua cabeça ta la na lua mano.

  • Reply

    Álvaro

    5 de dezembro de 2012 at 09:01

    Bem legal essa ligação com a economia, a postagem foi rápida, nem um pouco cansativa, e pode mudar conceitos! Parabéns

  • Reply

    Álvaro

    5 de dezembro de 2012 at 09:02

    Ah! Mas de qualquer forma, mesmo sendo natural e apresente benefícios, ela vicia, isso ñ e bom!

    • Reply

      Famscrow

      5 de dezembro de 2012 at 11:30

      Rápido, simples e sem ofender. Perfeito.

      • Reply

        Ian

        5 de dezembro de 2012 at 13:31

        Bacon mesmo que não apresente benefícios, vicia. E é liberado. Argumento inútil.
        Anfetaminas, refrigerantes, comidas gordurosas, internet, televisão… tudo isso vicia. Vamos proibir tudo que existe no mundo?

  • Reply

    Skate

    5 de dezembro de 2012 at 09:58

    Convivi com muitos maconheiros na minha época de skate, nunca fumei apesar de sempre esta ali no meio então foi meio passivo a situação. Uma coisa que nunca vi foi alguém virando filosofo todos depois que fumavam lerdeavam ou morgavam perdia sua habilidade no skate e viravam palhaços. Não só contra a maconha mais uma coisa é certa a juventude de certa forma esta uma merda por causa das drogas, a alta criminalidade pode ser associado as drogas, ta que nem todo mundo que usa droga é um criminoso mais de qualquer forma estão bancando um, o governo gosta pq quanto mais lerdo for o povo melhor para eles.

    • Reply

      jose

      5 de dezembro de 2012 at 15:43

      ae falo bem cara

  • Reply

    Que te importa?

    5 de dezembro de 2012 at 11:05

    Toda vez que eu entro em alguma matéria à respeito de maconha fico chocado com os comentários das pessoas.

    Sério que tem tanta gente burra assim?

    Eu fumo maconha diariamente e isso não me afeta em NADA! Acredito na verdade que sou uma pessoa muito mais inteligente que a grande maioria de vocês. :)

    O preconceito contra a maconha está fixado no cérebro destes alienados.. talvez por assistirem muita TV (a TV brasileira, né, afinal canais internacionais como Discovery, History Channel, Nat Geo fazem diversos documentários mostrando o outro lado da história)

    Não sou comunista… até gosto do capitalismo! Aliás… gosto tanto que não ficaria triste em pagar impostos em cima da ganja para fumar legalmente. Mas por que isso não acontece? Por culpa de um governo corrupto e de um povo cego.

    As pessoas que fumam maconha e ficam burras/lerdas provavelmente são burras e lerdas sem fumar. Mas você, amigo pensador, pode fumar sem medo.

    Torço sem esperanças para que um dia a mente dos ignorantes tenha uma luz a respeito deste assunto.

    • Reply

      Famscrow

      5 de dezembro de 2012 at 11:31

      Que te importa? Coma torta!

    • Reply

      John Doe

      5 de dezembro de 2012 at 11:34

      Se vc. usa maconha, ou qualquer outra droga, problema seu! Dane-se. Agora, não negue os efeitos negativos que ela tem só porque ela faz seu gosto! Seria o mesmo então que dizer que o cigarro não prejudica o organismo, já que, teoricamente, ele é mais “fraco” do que a maconha!

      O viciado – o seu caso – jamais admite que seu vício é prejudicial. Não, isso é invenção dos outros. Essa é a primeira “muleta psicológica”. A segunda, é dizer que só usa por recreação, e que pára quando quiser… outra mentira. Afinal, ninguém gosta de admitir que está fazendo uma coisa errada, né!

      E não existe ex-viciado, como não existe meio-grávida ou meio-viado… ou é, ou não é. E quando passou a ser, jamais deixará de ser!

      • Reply

        Que te importa?

        5 de dezembro de 2012 at 11:57

        Exatamente… é um problema MEU. Dane-se a sua opinião preconceituosa!

        Da mesma forma que a água em excesso pode ser prejudicial, não é mesmo?

        Não vejo que estou fazendo algo errado. Uso para recreação, uso como calmante, uso para acentuar o paladar, uso para aumentar a criatividade, uso para o que eu QUISER! Tem tanta gente fazendo coisa pior para si mesmo e para os outros.

        Sou viciado em maconha mesmo.. da mesma forma que sou viciado na vida, na alegria, na paz e na consciência livre!

        Foda-se você!

        • Reply

          Marcos

          5 de dezembro de 2012 at 13:33

          E foda-se você.
          Vocês são tão bandidos e criminosos como os que financia, maconheiro sem vergonha na cara.
          Seu dinheiro quando compra essa porcaria para “recreação” financia a morte de milhares de pessoas, VOCÊ está ajudando esses criminosos.
          Você é culpado desses crimes tanto quanto eles são.

          • Jah

            5 de dezembro de 2012 at 14:45

            Então ANTES DE ARGUMENTAR, PENSEM NO QUE VÃO FALAR!!

            LIVE GANJA!!

        • Reply

          Ian

          5 de dezembro de 2012 at 13:33

          CIGARRO FAZ MENOS MAL QUE A MACONHA?
          De onde saiu essa teoria? Da tua cabeça alienada? Só pode, fonte. Quero fontes, vocês proibicionista só sabem reproduzir o que ouvem, quero que provem o que estão dizendo.

      • Reply

        Gustavo

        5 de dezembro de 2012 at 13:48

        O único vicio que não tem cura eh a IGNORÂNCIA, fui viciado em crack por 3 anos, hoje fazem 7 q eu não fumo, sera q sou viciado ainda? Antes de falar você deve pelo menos ter tido alguma experiencia, maconha eh prejudicial? tudo em excesso eh prejudicial, princialmente ignorância e preconceito, eu fumo a 15 anos, sou viciado sim, mas nunca bati em ninguém por causa de erva, não sou vagabundo, tenho minha casa própria, 2 filhos.
        Então fica a dica, antes de falar, viva a experiencia!
        ps, nos meus 15 aos de maconheiro eu aprendi uma coisa, quem te critica por você fumar, com certeza quer fumar e não tem coragem!

  • Reply

    John Doe

    5 de dezembro de 2012 at 11:30

    O cartaz fazendo apologia à maconha é bobagem pura. Ninguém fica “filósofo” de usar a erva… a não ser o filósofo de botequim!

    Porquê proibiram no passado não se sabe realmente. Liberar, a exemplo de países como a Holanda, também não deu certo.

    Uma alternativa ao combate, que também não funciona, seria a administração do uso e distribuição da droga, como é feito com outras de cunho “socialmente aceitável”, como a bebida alcoólica e o cigarro, tão prejudiciais quanto.

    Agora, porquê não param com a proibição pura e simples hoje em dia, é fácil de responder: muita gente ganha – e muito – dinheiro com a situação atual, nas mais diversas esferas da população. Traficantes, intermediários, órgãos de repressão do Estado, etc….

    O usuário de drogas que consegue sustentar seu vício não é problema. A sociedade não está nem aí para ele. Agora, quando o sujeito se enterra no vício e passa a “meter a mão” no que é dos outros para se sustentar, aí sim a “sociedade” se incomoda!

    • Reply

      Que te importa?

      5 de dezembro de 2012 at 12:07

      Cara… nunca vi ninguém roubar pra comprar maconha EAUHEAHAEHUAHHUA
      Você parece inteligente, meu irmão.
      Abra sua mente!
      Pare de ser influenciado pelo o que os outros dizem e veja por si mesmo.

      • Reply

        Marcos

        5 de dezembro de 2012 at 13:31

        Eu já vi, e trabalhei em clínicas de recuperação, e em TODOS os casos lá, a pré-escola do munda das drogas foi essa merda de maconha.
        Vocês, maconheiros, tomem vergonha na cara. Se depender dos cidadãos honestos desse país, que são a maioria, você vão ser tratados como são: maconheiros drogados fdps, que financiam o crime.

        • Reply

          Gustavo

          5 de dezembro de 2012 at 13:51

          claro, pois pra comprar maconha vc tem que ir ate o traficante, que vende outros drogas, eh como vc ir a panificado comprar pão, ele eh aporta de entrada pro queijo e presunto, pois vende tudo na panificadora!

        • Reply

          Temaki #9

          5 de dezembro de 2012 at 14:32

          te garanto que em 90% dos casos, essas pessoas começaram com a bebida… e aí?

          • Derr

            5 de dezembro de 2012 at 20:03

            Nossa… essa foi boa… então essa é sua justificativa??? Jah que tem algo que faz mal pode, vamos legalizar outra!

  • Reply

    Juquinha

    5 de dezembro de 2012 at 11:52

    Sinceramente,nunca vi tanta baboseira junta.Gostar de queimar erva é uma coisa,agora inventar todo tipo de desculpa boboca é delírio de maconheiro profissional.Dizer que maconha estimula a reflexão filosófica é demais!!!!…esse povo anda queimando maconha mofada…kkkkkkkkkkkk

  • Reply

    Maiara

    5 de dezembro de 2012 at 12:33

    o que ninguém fala, é sobre os impostos se elas forem legalizadas, vocês comprariam por muito mais caro e iam na mão de traficante como fazem normalmente pra comprar mais barato. Legalizar a maconha não é acabar com trafico e sim permitir.
    Agora, usuário “maconheiro”, adora fazer discursos filosóficos, não faz mal, é uma erva, ENTÃO PEGA A PLANTA E FUMA! Não queima e desbilota lá na sedinha não, isso é droga, a diferença da maconha e do cigarro é que o cigarro não te deixa doidão, não queima neurônio, não que o cigarro não faça mal, mas como tudo em excesso faz mal … E é ignorância maconheiro não aceitar que maconha faz mais mal que cigarro, um cigarro de maconha equivale e 10 de cigarro. E também, ninguém admite que a maioria dos maconheiros são vagabundos, maconha relaxa, deixa a pessoa lerda e uma coisa leva a outra, digo a drogas mais pesadas e ainda querem levar outras pessoas pro mesmo caminho, de ser um “peso na família” como vocês devem ser, VOCÊS FINANCIAM O TRÁFICO! Pelo amor de Deus!

    • Reply

      Gustavo

      5 de dezembro de 2012 at 13:56

      E vc financia a ignorância, que eh a pior droga do mundo, não sabe o que fala, relaxa sim, mas existem 2 tipos de thc, um relaxa e outro não, mas isso não importa p vc, durma bem com sua ignorância, pois pra esse mal não existe remédio!

      • Reply

        Maiara

        5 de dezembro de 2012 at 19:51

        eu que dou dinheiro na mão de bandido, eu que pago armas… Pelo amor de Deus! Quando não se tem nada pra falar quer falar sobre ignorância ? Não to nem ai pra onda que ela da, até porque quem tem que saber disso são usuários, então acho que ignorante aqui não sou eu.

    • Reply

      patrick

      5 de dezembro de 2012 at 21:54

      primeiro de tudo vc precisa parar de ver tv, e ter uma opniao.. maconha nao faz mal a saúde..nao vicia…e a descupa maior de todas.. que financia o trafico..? meu filho fodase o trafico vender bala na esquina pode armar um traficante..

  • Reply

    pedro

    5 de dezembro de 2012 at 13:07

    Para quem não leu ainda a matéria na revista VEJA, vale a pena dar uma olhada sobre uma pesquisa realizada por pesquisadores suecos sobre a maconha. Simplesmente é a pior drogas dentre todas, seus efeitos são para sempre, porque ela possui substancias que são semelhantes a do nosso organismo, elas bloqueiam essa substancias, fazendo nosso organismo ficar dependente das substancias que ela possui. Além de outros fatores, como sua fumaça que é mais cancerigena do que a fumaça do tabaco. Além é claro, da maconha ser alucinogena e ao contrario do que os maconheiros dizem, o cientistas dizem com toda certeza, MACONHA CAUSA DEMENCIA, a titulam como droga da burrice. Leiam a matéria, e valorizem o trabalho e a pesquisa de quem realmente trabalha.

    • Reply

      Rafael

      5 de dezembro de 2012 at 13:33

      Você leu na VEJA? Nossa, agora sim vou levar seu comentario a serio. Parabens pelas suas fontes de conhecimento, seu alienado de merda! Continue emburrecendo-se lendo essess instrumentos de manobra de massa.

      • Reply

        Ian

        5 de dezembro de 2012 at 13:36

        VEJA? A mesma revista que fala que a mulher tem que ser submissa ao homem? A mesma revista que falou que não se tem argumentos na área da saúde pra proibir a maconha? A mesma revista que chamou o Joaquim Barbosa de arrogante e depois botou ele na capa como “o menino pobre que mudou o Brasil”. A mesma revista que fez uma pesquisa com usuários CRÔNICOS de maconha desde os TREZE ANOS, imagina se pegassemos um usuário crônico de álcool ou cigarro desde os 13 anos o que aconteceria… maconha tem que ser liberda para maiores de 18 anos. Reveja suas fontes, pare de ser alienado pela alta burguesia.

        • Reply

          Temaki #9

          5 de dezembro de 2012 at 14:37

          A mesma revista que fala que o pobre não tem direito a estudo, que estudar sociologia não leva a nada e que é um câncer no sistema de ensino matérias como sindicância. É, uma bela fonte mesmo…

    • Reply

      André

      5 de dezembro de 2012 at 13:51

      Pedro, você está tomando por base bibliográfica o veículo de mídia mais racista, truculento e opressor que existe atualmente no Brasil. A revista Veja, claramente expõe ideologias conservadoras e arcaicas sobre temas controversos em nossa sociedade, tais como a descriminalização das drogas. Sem contar que, este veículo de mídia atua para defender uma única classe social, e você pode ter certeza que não é a classe pobre (vide a edição de novembro da mesma revista). Falar de um contexto de combate as drogas em um país de nivel educacional alto como a Suécia é algo totalmente diferente. O que dizem, no entanto, os intelectuais brasileiros? Estou perguntando todos os intelectuais, não apenas àqueles que convêm à mídia consultar! A restrição ao uso de drogas é algo instituido históricamente pelos países dominantes (tanto economica como bélicamente) ao restante do mundo, de acorod com seus interesses. O uso de drogas para atividades rituais ou medicianais, foi completamente ignorada e reprimida durante a história. Se tomarmos por base o uso de substancias que estimulem ou alterem o nosso corpo, teremos de parar de comer chocolate, por exemplo, pois ele libera endorfina em nosso cerebro, assim como faz a maconha ou outras drogas! Sinto muito dizer Pedro, mas ler a revista Veja e formar uma opinião a partir dela só o torna mais um enquadrado no sistema e é isso o que eles querem (isso serve para todos que se baseiam na TV ou na mídia como fontes de conhecimento). Segue aqui uns links que eu achei aqui mesmo no google, para maior conhecimento sobre o assunto: http://www.uniad.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=3875:legalizacao-de-drogas-e-a-saude-publica&catid=51&Itemid=93 …. http://www.neip.info/downloads/t_mau1.pdf …. Se voce se interessar, leia!

  • Reply

    Dione Silva

    5 de dezembro de 2012 at 13:41

    E desvantagem não tem nenhuma? Eu confiaria mais se fosse citada alguma contra indicação.

    • Reply

      Gustavo

      5 de dezembro de 2012 at 13:58

      contra indicado para pessoas com alto nível de IGNORANCIA!

    • Reply

      Temaki #9

      5 de dezembro de 2012 at 14:41

      Dione, não estou pregando a legalização nem falando por que faz bem ou não faz. A ideia do texto é apenas contar como aconteceu a proibição na década de 30. Os motivos postos são apenas um resumo do texto de forma a chamar mais atenção.

      Mas sim, existem contra-indicações. Ela diminui a velocidade do raciocínio e com o tempo isso se agrava, por isso, como qualquer outra substância no mundo, deve ser usada com parcimônia. Estudos apontam que ela pode ser prejudicial se o uso for precoce, antes dos 17 anos. Por isso a LEI deveria intervir, pois hoje é mais fácil uma criança comprar maconha do que cigarro ou álcool. Traficante não ta nem aí pra quantos anos você tem, me da a grana e falou!

  • Reply

    Bruno

    5 de dezembro de 2012 at 14:01

    Muitos do que são contra ao uso da cannabis cometem o mesmo erro que um famoso biólogo conhecido como Lamarck.
    Lamarck afirmava que determinado tipo de comportamento em uma espécie criaria adaptações convenientes ao comportamento. (EX. a girafa que de tanto esticar o pescoço pra alcançar as folhas altas ficou com o pescoço grande).
    O fato é EXISTE SIM maconheiro vagabundo, mas não foi a maconha que deixou ele vagabundo, e sim a vagabundisse que levou a fumar maconha, assim como o alcool não deixa agressivo, a pessoa já é em si agressiva, e o alcool potencializa esse comportamento.
    O que acho válido ressaltar é que cada um deve saber o que é bom pra si mesmo, desde que a liberdade de outros não seja invadidas por suas escolhas. Pessoas “Antimaconha” devem tomar o cuidado para não se tornarem fanáticos contra usuários, ou seriam iguais ou piores que religiosos que se matam até hoje.
    Post interessante, e se viesse com um baseado pra abrir a cabeça da galera antes de ler o post seria perfeito ! hahaha
    Por último, legalização é interessante, mas mais necessário é a conscientização e principalmente a capacitação para o cidadão formar suas próprias opiniões (mais instruído, e menos influenciável), afinal enquanto existirem “marginalizados” que foram excluídos da sociedade por ser conveniente para o sistema, vai existir gente fazendo besteira por falta de instrução/cultura, primeiro deveríamos “legalizar o estudo” e somente depois disso a legalização seria algo que acrescentaria a sociedade.
    Desculpa pelo texto grande, só que não.
    (Nem preciso dizer que sou um apreciador da Maria Joana né!)

    • Reply

      André

      5 de dezembro de 2012 at 14:06

      Comentário balizado Bruno! compartilho com vc o meu apreço por esse expansor de mente! Axé

      • Reply

        Rafael

        5 de dezembro de 2012 at 20:46

        Bom texto cara. Fico impressionado como no brasil tem tanta gente alienado e ignorante. Provavelmente são leitores da VEJA, apreciadores da novela das oito da Globo, fieis do Silas Malafaia (Maldito sejá aqueles que seguem o Pastor).

    • Reply

      Vini Urso

      8 de dezembro de 2012 at 20:09

      Velho, style seu ponto de vista, deu pra ver que leu o post, entendeu e ainda mostrou seu ponto de vista..

      volte sempre!

  • Reply

    André

    5 de dezembro de 2012 at 14:02

    A maioria da galera que está lendo este post, ja vem com o intuito de fazer críticas negativas. Ninguém (ou quase ninguém) se propôs a ler este artigo de mente aberta. Isso só mostra o tamanho do conservadorismo que vigora! Atrasados!

  • Reply

    Qwerty

    5 de dezembro de 2012 at 14:26

    Escrever bonito defendendo o uso, insultar ou simplesmente ignorar as opiniões contrarias à sua é fácil pela internet…

    Agora quero ver é chegar em casa e contar para seus pais (caso ainda more com os pais ou não) ou esposa ou afins que é usuário da maconha, que vai nas passeatas, que faz campanha para liberar.

    Hipocrisia, a gente se vê por aqui!

  • Reply

    Chucruti

    5 de dezembro de 2012 at 14:35

    Post de maconheiro drogado sem vergonha comunista e praticante de satanismo….
    Maconha é uma merda e quem usa tambem….Queima neuronios….Viciados roubam seus pais para fumar umas…..Destruidora de lares…. Maconheiro, satan os espera…….

    • Reply

      Temaki #9

      5 de dezembro de 2012 at 14:46

      Isso aí cara, quando vc chegar no “céu” e descobrir que seu Deus não existe e que vc foi enganado por uma mentira manipuladora milenar e sua vida não fez sentido nenhum a gente volta a conversar.

    • Reply

      Jah

      5 de dezembro de 2012 at 14:54

      Vai doar seu din din pro pastor construir mais uma mansão vai….

    • Reply

      Chucruti

      5 de dezembro de 2012 at 15:10

      Há, só para não esquecer…Quem usa drogas financia a violencia….Vocês que usam são os responsaveis DIRETOS pela morte de cidadãos de bem nessa onda de ataques do PCC….A morte de cidadãos de bem estão DIRETAMENTE ligada com vocês….Se não fosse o dinheiro roubado do seus pais para comprar um beck, não haveria armas nas mãos dos bandidos nem onda de violencia…..WHAT A SHAME….

      • Reply

        Jah

        5 de dezembro de 2012 at 15:12

        O ser desprovido de inteligência, quem financia o crime nesse país são os PEIXES GRANDES!!!!

      • Reply

        Ricardo "Jesus" Correia

        5 de dezembro de 2012 at 15:46

        Ae pastor… é piada? Talvez …mas ri dessa aqui:

      • Reply

        Temaki #9

        5 de dezembro de 2012 at 16:26

        Não roubo dinheiro de ninguém, eu sou formado, trabalho desde os 17 anos e uso meu dinheiro da forma que eu bem entender.

      • Reply

        JUNIOR

        5 de dezembro de 2012 at 19:20

        seu inutil, quem financia violencia e a morte de cidadãos de bem é vc seu anormal, que poe politico corrupto no poder, politicos esses que nao legalizam a maconha pq perderiam o superfaturamente que recebem da “GUERRA CONTRA O TRAFICO” _|_

      • Reply

        doidao

        5 de dezembro de 2012 at 21:23

        Ngm falou em comprar a moconha em morro. ateh pq c legalizar a droga sai das maos do trafico, começa a ser um negocio legal, consequentemente a violência diminui. c a maconha passa a ser legalizada qual seria o interesse do trafico nela? o playboy subiria um morro pra financia o trafico e correr risco ou compraria em uma loja legalizada e autorizada?

        • Reply

          patrick

          5 de dezembro de 2012 at 22:02

          só pra rir mesmo.. esse pessoal sem opniao.. escuta na teve que a maconha ou a pirataria financia violencia e já sai por ai defendendo com unhas e dentes..mas agora eu pergunto.. qualquer coisa não pode financiar violência?

  • Reply

    Filipe

    5 de dezembro de 2012 at 15:25

    Maconheiro é tudo filho da puta e ponto final.

  • Reply

    Filipe

    5 de dezembro de 2012 at 15:33

    Quem defende a maconha esta do lado dos traficantes, dos assassinos, dos ladrões e contra a familia, ao trabalhador e pessoas honestas. Como eu sou homem digno sou contra a vagabundagem, como diz o Alborghetti maconheiros vão a merdaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa………..!

    • Reply

      JUNIOR

      5 de dezembro de 2012 at 18:54

      Cara vai se fuder! vc é retardado ou o que? tem problema mental? como pode alguem ser tao ignorante ao ponto de falar q quem defende a maconha ta do lado dos traficantes, ladroes e assassinos? Vc é a escória da sociedade, nao tem um pingo de noção, vc tem a mente tão moldada pela midia que se quer é capaz de perceber que se a maconha fosse legalizada, independente de qualquer merda que falaram ai nos outros comentarios sobre fazer ou nao bem ou mal, imediatamente acabaria com o trafico, se uma pessoa pudesse plantar um pé de cannabis em casa, gastando 1 semente, que vai dar frutos pra uns 3 meses de fumo, sem ter medo de ser denunciado e ir parar na cadeia, vc realmente acha que ela iria em uma favela ou outra biqueira qualquer sempre q quisesse fumar pagar por exemplo 50 reais por alguns gramas de maconha mofada, alterada, mal conservada, misturada e de pessima qualidade? Se vc acha vc é uma bosta!
      E só pra deixar claro, o único maleficio da maconha é a fumaça, que faz tanto mal a saude qaunto o ar poluido que vc respira em sua cidade!!

    • Reply

      Rafael

      5 de dezembro de 2012 at 20:30

      Cara, voce é um dos TOPS alienados. Parabens! Que comentario mais descabido de informação. Como voce consegue ser tão ignorante? Aposto que você paga o dizimo para a Igreja Universal. Alienado de merda!!!!!

    • Reply

      MARCOS

      5 de dezembro de 2012 at 23:24

      APOSTO QUE TENHO UMA FORMAÇÃO MELHOR QUE A SUA UM EMPREGO MELHOR QUE O SEU E UMA FAMILIA MUITO MAIS FELIZ QUE A SUA SEU MERDA! E SOU MACONHEIRO AHUAHUAHUHA

  • Reply

    Jah

    5 de dezembro de 2012 at 15:56

    Igualmente Felipe 😀 !

  • Reply

    Cristiano

    5 de dezembro de 2012 at 17:06

    Eu fumo maconha todos os dias, a 40 anos e não estou viciado!

    • Reply

      rod

      5 de dezembro de 2012 at 18:40

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Reply

    Luis

    5 de dezembro de 2012 at 17:18

    Boa tarde pessoal , a questão ai na verdade é a legalização ou não da maconha …não o quão mal ela faz, porque que faz mal isso é obvio ! Agora vamos pensar com coerência; toda essa parte da legalização ou não esta baseado apenas na parte comercial , a quem vai sair beneficiado com esse procedimento de legalização . Ao meu ver o álcool faz tão mal quanto a maconha ou até mais, diretamente ou indiretamente . Mas tudo isso ai varia de caso para caso , da quantidade utilizada por cada usuário de álcool ou fumo (realmente é tudo muito relativo) . Como já foi citado acima, a grande questão são os interesses monetários , vocês realmente acham que os traficantes querem a legalização ? Hoje em dia quem move grande parte deste pais são os traficantes que não querem nem um pouco que isso aconteça , a política e a policia também estão envolvidas nesta corja (Obviamente não todos porque existem policiais e políticos honestos, são a menoria infelizmente) . Eu não sou usuário de maconha , mas como um amigo acima falou , devemos proibir então tudo , desde a banheira do Gugu até a salgadinhos, refrigerantes , cigarro , bebida alcoólica tudo que prejudique a saude fisica e mental das pessoas? Claro que não pode virar farra do boi , tipo vamos liberar a cocaina o crack e tal , mas ai é apenas uma questão de bom senso. Bom galera essa ai é apenas minha opnião . Abraços a todos

  • Reply

    Akatsu

    5 de dezembro de 2012 at 18:16

    “Isso aí cara, quando vc chegar no “céu” e descobrir que seu Deus não existe e que vc foi enganado por uma mentira manipuladora milenar e sua vida não fez sentido nenhum a gente volta a conversar.”

    Se a vida não tem sentido, por que escrever esse texto? Pra poder dar um significado a sua existencia de maconheiro?

    E adorei a coisa dos temas de cunho filosófico, social e político. Na verdade, pra não demonstrar como o cérebro já foi danificado, todos os maconheiros se agarram a essas ideias na tentativa de paracer “inteligente”.

    E não da nem pra conversar com essas pessoas, a voz arrastada e sempre com a ideia de que o Mundo pode ser salvo fumando maconha, ahuhauahua é muito comédia.

  • Reply

    Claudio Lins

    5 de dezembro de 2012 at 19:26

    POst feito por maconheiros tentando provar o improvável.
    Tenho um amigo que fuma esta merda, e ela emburrece mesmo!
    Alem de contribuir com a violencia ainda abre portas pra as drogas maiores ,como cocaína e crack..
    E queima neurônio sim!
    Meu amigo e os amigos dele que fuma sãotodos vagabundos, perdidos na vida, sem nocao, aindaque alguns tenham uma boa familia, mas que seperdeu no caminho pra dita “liberalidade”…

    • Reply

      Rafael

      5 de dezembro de 2012 at 20:37

      Aposto que que sua mãe disse isso pra você. Mae: “Filhinho da mamãe, a maconha contribuir com a violencia ainda abre portas pra as drogas maiores ,como cocaína e crack..”

  • Reply

    Burn

    5 de dezembro de 2012 at 20:58

    Eu tô cagando se alguém vai achar que sou maconheiro. Mesmo por quê eu fumo bem de vez em quando, e não tenho preconceito algum com quem fuma todos os dias ou nunca fumou. O que eu não gosto é galera preconceituosa com assuntos que não entendem. Só por que a sociedade impôs que a maconha é coisa do “diabo”, não quer dizer que seja assim. Quem diz isso não entende sobre o assunto. A maioria das pessoas fala mal por que essa grande maioria é ignorante e critica sem ter conhecimento algum. Critica por que viu na novela que é errado fumar e que as pessoas viram assassinas e vagabundas. Essas pessoas ignorantes e preconceituosas não vão contribuir NADA na sociedade.

  • Reply

    patrick

    5 de dezembro de 2012 at 21:51

    eu considero droga algo que vicia, e prejudicial a saude… maconha nao tem nenhum dos 2 … quem é contra maconha geralmente nao tem opniao….simplesmene leva a ideia que escutou de algum babaca…

  • Reply

    rod

    5 de dezembro de 2012 at 22:37

    O autor do artigo fumou um pra escrever?

  • Reply

    Marcos espanha

    5 de dezembro de 2012 at 22:50

    Maconheiro bom é maconheiro morto, pois todos financiam criminosos, e são tão bandidos quanto os que financiam, estão com o cérebro detonado, e com as mãos sujas de sangue.

    • Reply

      MARCOS

      5 de dezembro de 2012 at 23:18

      O ENGRAÇADO É QUE QUEM ALIMENTA O TRÁFICO É O ESTADO COM A PROIBIÇÃO, SE CADA MACONHEIRO DO BRASIL PUDESSE PLANTAR PRA SEU PRÓPRIO CONSUMO NÃO EXISTIRIA TRÁFICO
      PAREM E PENSEM NA RAIZ DO PROBLEMA A MACONHA ESTÁ AI DESDE ANTES DA HUMANIDADE SE DAR ESSE NOME.

      • Reply

        Marcos espanha

        6 de dezembro de 2012 at 05:07

        Existiria sim, e cada maconheiro viraria um traficante… só iria piorar o problema, seu acéfalo…
        Vocês fumam essa merda e pensam que são honestos? Vocês são vagabundos e criminosos, seus animais!!!

  • Reply

    Júnior

    5 de dezembro de 2012 at 23:23

    ô Forest é você??? depois dessa conta aquela do vietnã. hahaha

    • Reply

      MARCOS

      5 de dezembro de 2012 at 23:26

      SOLDADOS USAVAM PRINCIPALMENTE ÓPIO NO VIETNÃ, VAI ESTUDAR VAI….

      • Reply

        Zeca

        6 de dezembro de 2012 at 00:40

        Eles usavam o que tinham, LCD, Maconha, e principalmente Ópio pois era isso que tinha em maior quantidade la.

      • Reply

        Akatsu

        6 de dezembro de 2012 at 02:32

        SE TIVESSE GASTANDO O TEMPO VENDO O FILME, TINHA ENTENDIDO A PIADA. MAS APOSTO QUE TAVA FUMANDO…

  • Reply

    Leigos

    6 de dezembro de 2012 at 00:10

    Bom dia a todos!
    Escreverei algo não citado, e um mini-guia aos leigos depois de tantos absurdos discutidos aqui e uns no entanto interessantes.
    Caros leigos, a maconha infelizmente é existente em vários tipos, muitas delas com químicas extremamente absurdas, que misturam substâncias afim de “aprimorar” seus efeitos e tornar usuários em viciados. ex: (haxixe, prensado, bengala, entre outros tipos e nomes dados pelo mundo afora). São digamos “maconhas” adulteradas (tô chapado brow!…), como em comparação aos cigarros mais fortes (to relaxado e concentrado) e outros mais fracos (to soltando fumaça, legal) ou bebidas com teor alcoólico alto (PERDENDO A NOÇÃO) e outros nem tanto (papo vai-papo vem, risos com a rapaziada).
    Obviamente tudo que é químico pode causar dependência. (CLARO! Então por favor não venham com hipocrisias). Justamente tais substâncias causam consequências muitas vezes irreversíveis e graves se usados sem controle (igualmente a qualquer tipo de droga licita ou não!).
    Tais, ditos como “traficantes” investem pesado em novos métodos de aprimorar tais químicas para deixar usuários dependentes e comprarem cada vez mais. Isso é o minimo que alguém precisa saber se quiser discutir sobre a Marijuana, mas na maior parte das vezes isso de alguma forma não entra na cabeça de ignorantes (“provavelmente não usuários” kkk), e se tal individuo identifica um “maconheiro” é simplesmente feito uma pré-avaliação sobre, muitas vezes taxado de sem princípios, concepções e futuro! Isso não passa de PRECONCEITO, para mim seres inferiores e ignorantes, tais, provavelmente invadidos por marteladas em sua mente de mídias negativas, porem não os culpo, pois hoje somos seres humanos facilmente influenciáveis pelo o que o mundo nos impõe, e negam se abrir em seu intelecto.
    Usuários não precisam financiar o tráfico ou o comércio, precisam apenas de um cantinho para cultivar a sua planta que lhes da tomate (orgânico/natural) sem olhares furiosos da sociedade. Mas foi assim com os negros e vai ser assim, até a evolução da consciência geral da sociedade tomar outros rumos (o que nunca irá acontecer, pois ainda existem racistas, não é mesmo?).
    Mais dias, menos dias, ela será liberada, pois não há diferenças de outras drogas lícitas, é somente mais uma, com um barato diferente, e por ser proibida e boa, muitos a idolatram.
    Entre tantos poréns e além de tudo, o que importa no fator atualidade de cabeças baixas e mãos atadas, não é a opinião de hipócritas, falsos moralistas, maconheiros, médicos, revistas de modinha ou estudantes de engenharia mecânica em uma federal de renome (como eu, mero pensamente), nada disso! e sim somente o pensar do GOVERNO!
    Qual o melhor meio? liberar? comercializa-la? qual o impacto na sociedade? e quanto aos caretas e ignorantes será que tais aceitarão? irei liberar de vez, ou aos poucos farei a sociedade engolir a ideia? como ganharei dinheiro em cima disto? se grandes potências mundiais mundiais permitirem, também o faço?
    Estes e alguns vários outros questionamentos, que você leigo, preconceituoso, etc. deve fazer a si mesmo, antes de discutir e se expressar sobre algo que não sabe, sobre algo com muitos outros valores envolvidos, tanto maiores, quanto menores.
    Sei também que alguns não entenderão ou como no dito popular “darão uma de doido”, mas só espero que pelo menos se não na mente, então no inconsciente se crie uma virgula com interrogação, este, único motivo de ter exposto a ideia.
    ABRAM SUAS MENTES, ANTES DE TUDO!

  • Reply

    Zeca

    6 de dezembro de 2012 at 00:36

    Usar maconha pra fazer tecidos de roupas e fazer papéis é uma tecnologia totalmente ultrapassada, não tem como ela competir além das roupas serem bem desconfortáveis por serem pouco flexíveis, a qualidade dos produtos são bem baixas, nunca vai ganhar espaço no mercado.

    • Reply

      Temaki #9

      6 de dezembro de 2012 at 15:58

      Eu sei que hoje a realidade é outra, Zeca mas o banner fala sobre os motivos que levaram a proibição na década de 30. E na realidade, esse é um dos principais motivos pra ela ter sido proibida na época.

  • Reply

    Charles

    6 de dezembro de 2012 at 00:39

    Quanta besteira num post só. Em vez de perder tempo pra ficar escrevendo besteira, vai estudar, incentive a educação aonde você vive, principalmente dos mais pobres. Esse é o único caminho para qualquer revolução social.

    Se você precisa fumar maconha pra poder se expressar, ter idéias, e defender seu ponto de vista você é um dependente. Procure ajuda.

    Toda bala perdida que acerta um inocente, é você que financia essa merda. Essa é a única verdade.

    O dia que não tivermos problema se educação, saúde e renda ai sim você tem direito de querer “lutar” pra estourar um.

    (controle de minorias? tratamento para aids?… deve ter fumado muito escrevendo isso)

  • Reply

    leo

    13 de fevereiro de 2013 at 01:17

    O Brasil precisa primeiro de uma evoluçao na area educacional antes da legalizaçao da maconha. A maior parte da populaçao nao tem estrutura mental para lidar com fatos como a legalizaçao da maconha, o q pode transformar o pais num caos maior ainda.
    A partir do momento em q vc entende e adere a essa cultura do uso de maconha o mundo e visto de outra forma, uma forma q vc ainda nao percebeu ou q talvez ja tenha visto mas nao deu o valor e nem a atençao necessaria para q pudesse entender. Veja bem, nao estou dizendo q dependo da maconha pra entender determinadas coisas, mas q a maconha me abriu os olhos para entender determinadas coisas. Nao preciso fumar pra entender as coisas, meus olhos agora ja estao abertos, e uma vez assim abertos nao se fecham mais. O q eu quero dizer e q qualquer um q ja aderiu a essa cultura ”tem os olhos mais abertos”, para com as questoes e fatos da sociedade e do sistema.
    Tbm nao estou dizendo q a populaçao deve usar maconha, mas sim q a mesma tem q criar uma consciencia RACIONAL a respeito da planta, o q so e possivel se a pessoa estiver com a mente aberta e disposta a analisar os fatos sem levar em consideraçao todo o preconceito e tabus q foram impostos durante todos esses anos pelo sistema, midia, sociedade ou seja la quem for.

    Vamos analisar os prós e contras. Garanto q ela oferece mais prós

    Uma coisa é fato, sabendo-se como usar com responsabilidade e disciplina, a maconha abre a sua mente

  • Reply

    Magrão (professor)

    15 de março de 2013 at 02:51

    tapanacara dos “MORALISTAS” quem não curte fumar tem que fumar e dar uma bela de uma trepada!!!
    MUDA DE IDÉIA NA HORA!!

  • Pingback:

    10 de dezembro de 2013 at 00:02

Deixe uma resposta